Matheus Loures

Externando aquilo que me distrai

A beleza salvará nossos cultos

Deixe um comentário

(o título foi propositadamente um exagero 😛 )

O "belo" é um ótimo ambiente para a adoração comunitária

O “belo” é um ótimo ambiente para a adoração comunitária

Certa vez, há 11 anos atrás, um amigo da escola topou visitar minha igreja. No meio do culto percebi que ele estava pensativo, bastante observador, logo me perguntei sobre que diachos ele estava a matutar. De repente ele vira pra mim e fala: “- Cara porque as igrejas evangélicas são tão feias? Esteticamente pobres? Porque elas não têm aquele ambiente artístico da igreja católica?” (só pra constar: ele não era católico)…  Então, respondi que nossos templos não tinham aquele “luxo” porque não precisamos de nada, além de Jesus, para nos conectar com Deus. Também disse que o culto era assim por rejeitarmos toda a idolatria da igreja romana. A conversa terminou com ele defendendo que o “ambiente” católico criava um “clima” de devoção e comigo dizendo que o ambiente “neutro” nos ajudava a focar apenas em Cristo.

Ironias do destino, surpresas da vida… quem mudou nessa discussão fui eu! Após Deus abrir meus olhos para a beleza que ele plantou no mundo que criou, tornei-me um esteta de carteirinha. Alguem  que sempre procura a  “beleza”, que pode estar tanto na criação (cachoeiras, montanhas, pôr do sol, plantas e bichos) como numa obra de arte, que reflete o caráter criativo de Deus. Descobri que o “bonito” do Criador, como parte da revelação geral, é um ótimo ambiente para experimentar a adoração e o estudo da Palavra, a revelação específica. No Salmos 23, os vs 2 e 3 trazem a parceria desta duas formas de Deus se fazer conhecido “ (vs 2)Faz-me deitar em verdes pastos, guia-me junto à aguas tranquilas (vs 3) Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor de seu nome.”

Realmente acredito no ato profético feito pela reforma protestante com sua decisão por um estilo de culto “clean”. Acho que nossos antecessores conseguiram de fato expressar algo de Deus ao seu contexto, rompendo com o padrão de normalidade, muito repetido, de sua época. A simplicidade, suficiência e centralidade de Jesus Cristo foram muito bem comunicadas. A questão é que nossos dias são bem diferente, logo nossos cultos “clean” ganham um novo significado que nem sempre é aquele  que desejamos. Parecem dizer que não existe conexão de nossa fé em Deus com aquilo que é belo. Francis Schaeffer teve essa sensação quando de dentro de um mosteiro cristão (feio e sem cores) ele avistou uma comunidade hippie (bonita e florida) do outro lado de um vale¹. Sua conclusão é que o cristão é quem tem mais motivação para explorar a “beleza”, mas tem negligenciado sua vocação.

Vivemos dias onde o relativismo moral e a banalização do que é humano tornou nossa sociedade em um sólido árido e seco. O “belo” de Deus surge com a força, profética e simbólica, de uma flor em um galho seco e instintivamente percebemos que isso é um cuidado divino (para noooooooooosa alegria)! A “beleza” é uma grande porta para se trazer a esperança do Evangelho aos dias de hoje, pois como disse o escritor polonês Czeslaw Milosz, na onda de Fiódor Dostoiévski,   “[…] e quando as pessoas deixarem de crer que existe bem e mal, somente a beleza as atrairá e as salvará […]”.²

Por essas e outras apresento duas vias de reflexão pelas quais a beleza artística pode contribuir com nossas igrejas: O Simbolismo e O Simples & Belo.

To be continued….

 

 

¹ Schaeffer, Francis – Poluição e a Morte do Homem, uma perspectiva bíblica sobre a Ecologia, ed Fiel

² Citado por Gregory Wolfe citado por Alder Souza de Matos em http://www.ultimato.com.br/revista/artigos/343/a-beleza-salvara-o-mundo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s